O que agride a estrutura do cabelo?

::: Voltar para: O que é o cabelo? :::

 

Cabelos Fragilizados!

Cabelos Fragilizados!

Em princípio os cabelos, assim como todo o corpo humano, sofre degradação natural, porém, também se renova continuamente. Essencialmente o corpo tem seu próprio sistema de tratamento, mas, em função das agressões naturais externas em grande escala, mais as transformações estéticas fazem com que tenhamos que dar uma ajudinha para eles. Então vamos estudar os fatores agressores:

NATURAIS: Exposição contínua ao sol (raios UV), poluição (pH do ar e metais pesados) e chuva.

DIA-A-DIA: Shampoos comuns, cremes comuns, gel, laquê, pentear com os cabelos molhados, secador, chapinha e reparadores de pontas que infelizmente são aplicados em todo o cabelo ao invés de ser somente nas pontas mesmo.

TRANSFORMAÇÕES: Tinturas (com ou sem amônia), descolorações (luzes, mechas, decapagem), alisamentos e cacheamentos (relaxamento, permanentes, definitivas e alguns princípios ativos de progressiva).

Bom, falando assim até parece que não podemos fazer nada nos cabelos então! Mas não é bem assim. Basta obedecer a certos parâmetros. Veja a seguir o item que melhor se encaixa em sua situação:

Para as agressões naturais basta utilizar o Leave-in Aquarium (com ou sem enxague) para que seus cabelos fiquem bem protegidos.

Quanto ao dia-a-dia, apesar de não parecer, é aí que reside a maior necessidade de atenção. Utilizar Shampoo, Condicionador e Leave-in Aquarium fará com que os cabelos não fiquem ressecados, melhorando a penteabilidade, o que evitará os problemas de quebra ao pentear e proporcionará proteção térmica ao uso do secador e da chapinha.

Os cuidados com as transformações devem ser divididas para melhor entendimento.

1. Tinturas, luzes e mechas: causam desidratação, sendo leve para as tinturas e acentuando-se nos tons mais claros de descolorações. Os processos de tingimento e descoloração, em geral, não causam grande estrago, sendo recomendável aplicar BioLiss Light ou Power para recuperá-los.

Deve-se ter muita atenção aos casos de química sobre química, que com certeza agravarão o quadro.

2. Decapagem: Processo de altíssima agressão utilizado para clarear todos os fios de uma só vez. Se os fios realmente estiverem em condições de passar por este processo (não estejam quebrando, nem muito elásticos e nem ressecados), recomendamos a imediata aplicação da Cauterização Profunda BioLiss Power após a descoloração.

Caso os fios não estejam suficientemente preparados, deve-se utilizar uma das três potências de BioLiss, sendo Soft, Light ou Power para após 3 dias (deixar o couro cabeludo sujo), aplicar o descolorante e finalizar com BioLiss Light no mesmo dia.

3. Relaxamento, amaciamento e permanente: Em geral os relaxamentos e permanentes geram agressões médias, porém, nos retoques (2ª, 3ª aplicações), tem-se o costume de puxar o creme, após alguns minutos, para o comprimento dos fios, que já foram relaxados anteriormente e é nisso que os fios começam a quebrar. Aconselhamos que os profissionais façam uma avaliação da raiz, do comprimento e das pontas dos fios antes de aplicar os relaxamentos. Se o diagnóstico for de impossibilidade ou necessidade de muita cautela na aplicação do relaxamento, recomendamos não arriscar, pois, o relaxamento não ficará o tempo de necessitaria para alisar corretamente e ainda periga os fios não suportarem. Então, prepare os fios com a Reconstrução Profunda BioLiss Light (elásticos e quebrando quando molhados) ou a Cauterização Profunda BioLiss Power (quebrando a seco), assim, realizando o procedimento de relaxamento com total segurança e podendo deixar o tempo necessário. É fundamental recomendar ao cliente que utilize a manutenção Aquarium para prorrogar os resultados do alisamento.

4. Definitivas: As Escovas Definitivas só podem ser feitas em cabelos que estão extremamente fortes e saudáveis, pois, inerente ao alisamento vem a quebra da resistência do fio (quebra da cistina), seguida de forte desidratação. Não é o caso de apenas fazer um tratamento posterior, pois, na maior parte dos casos as clientes já estarão com algum processo químico anterior e um tratamento posterior não conseguirá recuperar totalmente os danos sofridos. Assim como no “item c”, utilize BioLiss Light ou Power para preparar os fios, garantindo que a transformação se realizará sem maiores danos. Após o processo de alisamento utilize BioLiss Light ou Power de acordo com a resistência final dos cabelos da cliente.

5. Progressiva: Aqui está um processo controverso, pois, existem no mercado várias progressivas utilizando princípios ativos muito distintos. Progressivas à base de formoldeído ou glutaraldeído são proibidas em função do potencial cancerígeno causado tanto às clientes, mas principalmente ao cabeleireiros. Se por um lado esses princípios não indicam agressões aos fios de cabelo, por outro são muito nocivos à saúde em geral, porém, com processos silenciosos que aparentemente não fazem mal, mas só aparentemente.

Outras progressivas utilizam princípios ativos idênticos aos relaxamentos, ou seja, à base de amônia, tioglicolato, guanidina, hidróxido de sódio, dentre outros. Sendo assim, as recomendações de tratamento são as mesmas do “item c”.

Atualmente existem dois princípios ativos compatíveis com quaisquer químicas e não nocivas à saúde: oxoacetamida de carbocisteína e ácido glioxílico. O primeiro apresenta baixa durabilidade (menos de 3 meses), assim restando, como substituto perfeito às antigas progressivas, o ácido glioxílico. Apesar do nome ácido às vezes assustar, na realidade não agride os fios, haja visto que a “vitamina c” é o ácido ascórbico e o “vinagre” é o ácido acético. Recomendamos a utilização da progressiva Prêmium, à base de ácido glioxílico, também contendo em sua formulação o Óleo de Argan que garante altíssima hidratação e brilho.

Contrário aos outros alisamentos liberados, o ácido glioxílico não quebra as ligações de enxofre (cistina), mas sim as reforça no processo, aumentando a resistência do fio. Assim, podemos afirmar que a progressiva Premium alisa, hidrata e fortifica a fibra capilar.

Neste momento já foi possível perceber que a Equilíbrio Cosméticos só trabalha com produtos que regeneram e preservam a fibra capilar, pois, esta é nossa especialidade.

 

::: Ir para: Quando devo Hidratar os fios? :::

::: Voltar para: O que é o cabelo? :::

 

Para adquirir os produtos desta matéria, clique aqui

Tudo de Bom pra Você!

Gostou desta Matéria? Então siga-nos nas Redes Sociais!
                  
Marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

3 Responses to O que agride a estrutura do cabelo?

  1. Pingback: O que é o cabelo? « ::: Equilíbrio pra Você :::

  2. Pingback: Por que os meus cabelos estão quebrando? « ::: Equilíbrio pra Você :::

  3. Pingback: Quando devo Hidratar os fios? « ::: Equilíbrio pra Você :::

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>